Por que razão um desporto de endurance é melhor para a saúde?

Está clinicamente provado: praticar uma atividade física regular permite manter a forma. De entre os «desportos saudáveis», a marcha rápida destaca-se pelos benefícios proporcionados em termos de endurance. Vamos descodificar os fatores fisiológicos relacionados com a sua velocidade média de marcha!

Os benefícios para a saúde da marcha desportiva praticada em modo de endurance

No desporto, cada pessoa tem a sua motivação! Alguns praticam marcha desportiva para perder peso, outros procuram aliviar o stress acumulado ou simplesmente uma forma de fugir da rotina diária e sentir prazer.
 
Independentemente do motivo, todos os praticantes de marcha desportiva contribuem, sem terem consciência disso, para a sua saúde!
 
Tal como nos revela Charles Aisenberg, médico desportivo filiado no Instituto Nacional do Desporto, da Especialização e da Performance, a marcha desportiva faz bem a vários níveis:
«Praticar uma atividade desportiva previne a hipertensão arterial e o excesso de peso que propiciam as doenças cardiovasculares. Permite ainda reforçar as defesas imunitárias e ajuda a combater a osteoporose».
 
Estes múltiplos benefícios atingem o seu pleno potencial quando praticamos marcha ativa em modo de endurance, ou seja durante um período de esforço superior a 30 minutos.
 

 

 

Desporto de endurance ou resistência: efeitos distintos para a saúde

Charles Aisenberg faz a distinção entre os efeitos de uma atividade física de endurance e os efeitos de uma atividade de resistência. Quais são as diferenças?
 
Em endurance: o seu esforço cardíaco é contido durante um período prolongado. Numa sessão de 45 minutos de marcha desportiva, favorece um fornecimento regular de oxigénio. Esse esforço faz trabalhar o coração e limpa as artérias. Melhor ainda, mobiliza também as gorduras para alimentar os músculos de modo a que possa aguentar o esforço durante mais tempo.
 
Em resistência: o esforço cardíaco é curto e violento. Se correr 400 m, por exemplo, irá trabalhar mais ou menos em apneia, sem permitir o fornecimento de oxigénio que ocorre na marcha rápida.
 
Como pode ver: para cuidar bem da sua saúde, o ideal é praticar regularmente um desporto de endurance. A marcha desportiva, um desporto suave e não violento para as suas articulações, reúne todos os benefícios da corrida a pé em modo de endurance sem os seus inconvenientes.

Endurance ou resistência: qual destas duas modalidades devemos trabalhar em marcha ativa?

No terreno, para saber se está a trabalhar em modo de endurance ou de resistência, deverá observar o seu ritmo cardíaco. «Mais precisamente, deverá observar a percentagem da sua frequência cardíaca máxima (FCM) durante o esforço» esclarece Charles Aisenberg. 
 
-       O trabalho de endurance situa-se entre 60 e 75% da FCM
-       O trabalho de resistência situa-se entre 75 e 95% da FCM
 

Durante as suas sessões em modo de endurance, complemente o seu treino com uma componente de trabalho fraccionado (trabalho de resistência) para conjugar os benefícios destes dois tipos de esforços. Irá apreciar os efeitos a curto e longo prazo da marcha desportiva no seu corpo. Terá assim razões para ficar motivado durante toda a época!

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Vote
Programas de treino
(2)
Benefícios da marcha

A marcha desportiva é uma atividade física simples, fácil de iniciar e que todos podem praticar. No entanto, os benefícios deste desporto são inúmeros e contribuem para melhorar o seu bem-estar físico e mental.

(1)
Benefícios da marcha

Por que razão se diz que a marcha desportiva é um desporto completo? A marcha desportiva, seja a ativa ou a rápida, não faz apenas trabalhar os músculos inferiores. Para além de exercitar as coxas e os músculos dos glúteos, a marcha desportiva exercita também a zona superior do corpo, nomeadamente os braços e os abdominais.

(2)
Benefícios da marcha

Médicos e especialistas em saúde estão em sintonia e dizem que a marcha rápida é uma excelente escolha para perder peso: permite que os músculos queimem calorias, consumindo as suas reservas de gordura. No entanto, sabe quanto tempo é preciso marchar para perder peso duradouramente?

(22)
VOLTAR PARA O TOPO