Inicio a prática da marcha desportiva

Já está! Já escolheu o seu desporto: a marcha desportiva!Rica em benefícios para o corpo e para a mente, a marcha é uma excelente escolha. Antes de começar, eis alguns conselhos simples para tirar o máximo partido das suas primeiras sessões de marcha.

Adote uma postura correta desde o início.

A marcha desportiva começa pela  adoção de postura vertical para evitar dores nas costas: os ombros numa posição baixa e descontraídos. Jeanick Landormy, treinadora de recuperação da forma física explica-lhe como deve posicionar os ombros e dá-lhe conselhos para atingir os seus objetivos aqui.

O peso deve ser uniformemente distribuído por ambos os pés. Os quadris devem ser inclinados para a frente e os glúteos retraídos. O queixo deve manter-se paralelo ao solo e o olhar fixado no horizonte. Inicialmente, deverá marchar sem precipitações e ao seu ritmo habitual. Gradualmente, com os braços paralelos ao corpo, deverá aumentar a cadência. Os braços irão posicionar-se naturalmente de forma a funcionarem como pêndulos em cada passada.  

Use o seu pé na totalidade: deverá ter a sensação de articular o pé desde o calcanhar até aos dedos dos pés.

 

Descubra o seu ritmo para sentir mais prazer !

Os benefícios da marcha serão ainda mais interessantes à medida que a sua velocidade se mantiver constante, especialmente se o seu objetivo for perder peso e/ou aperfeiçoar a sua silhueta. Para tal, é essencial dar mais passos e não alongar a passada: o exercício será mais eficaz e permitir-lhe-á evitar lesões. A título indicativo, a marcha desportiva é praticada a uma velocidade entre 5 e 8 km/h.

Qual a duração da atividade ?

Depende não só da sua forma física como também do seu nível de prática: não vale a pena forçar. O objetivo é acima de tudo divertir-se! Poderá começar com sessões de 20 a 30 minutos, até atingir 1 hora, caso siga um treino específico.

Não hesite em partilhar a sua experiência connosco!

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Vote
Benefícios da marcha

Deseja perder alguns quilos, mas a agulha da balança não lhe explica como? Charles Aisenberg, especialista de medicina do trabalho associado ao INSEP (Instituto Nacional do Desporto, da Competência e do Desempenho) recomenda a prática de marcha desportiva para sentir-se melhor no seu corpo. Acabaram as dietas selvagens, agora basta marchar para perder peso!

(3)
VOLTAR PARA O TOPO