5 coisas a saber que executa no desporto feito quando frio

Gostaria de continuar a marchar mesmo com tempo frio ? Bastará vestir-se adequadamente e prestar mais atenção à sua dieta durante a sessão. Emmanuel Lassalle, praticante de marcha de grande fundo dá-lhe os seus conselhos de atleta, depois de ter passado longas horas a praticar em todos os tipos de condições meteorológicas, para que sinta prazer em marchar quando está frio.

Mesmo que o tempo não esteja agradável, não existe motivo para adiar um treino de marcha desportiva. Eis os 5 pontos-chave a reter para manter a motivação durante as sessões de inverno !

3 camadas para combater o frio: o equipamento essencial no inverno

A prática desportiva com tempo frio assusta-a ? Para as mais friorentas, a multiplicação das camadas de vestuário respirável irá manter o corpo seco e protegê-la do frio, mas também das lesões. Evite o vestuário de algodão, dado que não elimina a transpiração e aumentará a sensação de frio.

Para a parte superior: uso uma camisola como primeira camada para manter o calor. Por baixo, visto uma camisola com fecho de correr e mangas compridas que me isola do frio. Em seguida, visto um casaco impermeável mas respirável, que me protege do vento, mas também das intempéries (chuva, neve). 

É importante que estas duas últimas peças de vestuário disponham de um fecho de correr: poderá regular a temperatura se sentir demasiado calor.

Pense nas suas pernas..

Para a parte inferior: as calças justas compridas para desporto são essenciais para praticar a marcha durante o inverno. Com temperaturas baixas, os músculos tornam-se mais rígidos e aumenta o risco de lesões. As calças justas ajudarão a reter o calor gerado durante o aquecimento.

A propósito, considero os geles de aquecimento interessantes, mas nunca irão substituir um bom aquecimento !

...E para as extremidades ! 

Nunca me esqueço do gorro e das meias de desporto de inverno, para cuidar dos meus pés, além das luvas. É por essa zona que o frio penetra, com 60% do calor do corpo a ser perdido através da cabeça ! Um tubo de polar à volta do pescoço, subido até ao nariz, também evitará que fique doente para que possa continuar a praticar o seu desporto de inverno. Lembre-se de que deve possuir aberturas de ventilação para poder respirar !

Não descure o reabastecimento, dado que irá perde mais calorias

Quando marcha ao frio, o corpo perde mais calorias apenas para se manter quente. Evite sair em jejum e leve consigo uma barra energética ou frutos secos para recuperar forças. 

Além disso, só por estar frio não deve esquecer-se de se hidratar! O frio acelera a desidratação. Beba em pequenos goles com intervalos de 15 minutos água ou uma bebida energética à temperatura ambiente, ou até quente se o seu estômago for delicado.
 

Tal como um automóvel, reduza a velocidade se estiver a nevar ou houver gelo

Se a neve cobrir a paisagem de branco ou o piso estiver escorregadio, marche mais devagar para garantir o apoio e não escorregar. 

Mantenha-se em trilhos conhecidos ou fechados (parques), dado que a neve tem tendência a nivelar o terreno e a esconder os buracos. Passei por essa experiência e não aconselho a ninguém ter de ficar imobilizado 3 semanas a curar uma entorse !

Se a neve continuar a cair, proceda como se estivesse a marchar de noite: não se esqueça de garantir a visibilidade usando uma lanterna frontal e um colete fluorescente.

Por último, certifique-se de que o apoio e a aderência são os pontos fortes do seu calçado de marcha rápida, pois é nessas alturas que é indispensável uma boa aderência ao solo durante a articulação do pé. O Propulse 400 é muito eficaz, já o testei durante uma sessão sob a neve. 

 

 

 

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Vote
VOLTAR PARA O TOPO